VINCI Airports inicia 1ª fase de obras de renovação e ampliação do Aeroporto Salvador Bahia

A VINCI Airports, que oficialmente assumiu as operações do Aeroporto Salvador Bahia no dia 2 de janeiro de 2018, realizou hoje (19/04) uma cerimônia de lançamento da pedra fundamental para marcar o início da primeira fase das obras de modernização e ampliação do equipamento. O evento reuniu as principais autoridades regionais e aeroportuárias, incluindo o governador da Bahia, Rui Costa, o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, e José Ricardo Botelho, presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O CEO global da VINCI Airports, Nicolas Notebaert, e o presidente da Concessionária do Aeroporto Salvador Bahia, Julio Ribas, foram os anfitriões da cerimônia.

 

Expansão e renovação para melhorar a qualidade do serviço e a experiência dos passageiros

A primeira fase das obras permitirá que passageiros e companhias aéreas vejam mudanças positivas em um prazo relativamente curto. Os trabalhos envolvem grandes obras de expansão e adequação da infraestrutura na área das aeronaves, além da expansão e modernização do terminal existente (+20.000 m2).   

As obras permitirão um melhor fluxo pelo terminal e novas experiências para todos os passageiros, incluindo uma nova área comercial que dará destaque à identidade de Salvador, modernização de banheiros e fraldários, melhorias na sinalização do aeroporto, novos sistemas de ar condicionado e ventilação, elevadores e escadas rolantes adicionais e instalação de wi-fi de alta velocidade.

Os trabalhos serão conduzidos por um consórcio formado por Teixeira Duarte Engenharia e Construções S.A, Alves Ribeiro S.A do Brasil e Actemium (subsidiária da VINCI Energies do Brasil), empresas brasileiras de construção civil com ampla experiência em projetos de infraestrutura, inclusive no aeroporto de Lisboa, que

também é operado pela VINCI Airports. Durante o período de pico, as obras empregarão cerca de 800 trabalhadores. O investimento total na primeira fase de obras será de cerca de R$ 600 milhões.

 

O compromisso da VINCI Airports de transformar o Aeroporto Salvador Bahia, em benefício da cidade e do Estado

“Nosso principal compromisso é transformar o Aeroporto Salvador Bahia em um aeroporto de excelência”, disse Nicolas Notebaert, CEO global da VINCI Airports. “No futuro, acreditamos que será um aeroporto completamente diferente, em todos os aspectos, desde a aparência do terminal até o conforto dos viajantes, a qualidade do serviço, o tráfego aéreo e as atividades comerciais. Nossa ambição é desenvolver o Aeroporto Salvador Bahia em benefício do desenvolvimento econômico, turístico e social de Salvador e da Bahia em geral. Estamos ansiosos para trabalhar em conjunto com autoridades locais e organizações comerciais para que isso aconteça”, acrescentou. “A VINCI Airports tem experiência global em reconfigurar a experiência do aeroporto para os passageiros e promover ampliação do tráfego aéreo. Vamos combinar nossa experiência com a bagagem de nossa forte equipe local para alcançar nossos objetivos”, conclui.

 

VINCI Airports assume operação do Aeroporto de Salvador

Após duas fases iniciais de transição, durante as quais a VINCI Airports preparou e começou a implementar seu plano de transição enquanto a Infraero continuou operando o aeroporto com seu apoio, a VINCI Airports assumiu oficialmente, em 2 de janeiro, o controle do Aeroporto Salvador Bahia (SSA) – Deputado Luís Eduardo Magalhães.

Durante esse terceiro e último estágio de transição, que poderá durar até 6 meses, a nova concessionária contará com o suporte de funcionários da Infraero, para garantir uma sucessão gradual.

O dia 2 de janeiro marcou o início operacional de uma concessão de 30 anos, que começou em agosto de 2017 com a assinatura do contrato de concessão, e durante a qual a concessionária trabalhará para promover o desenvolvimento do aeroporto, uma das principais portas de entrada para os destinos turísticos da Bahia.

A exemplo do que foi feito em outros aeroportos que opera pelo mundo, a VINCI Airports atuará com foco em qualidade de serviços, geração de tráfego aéreo e estímulo de atividades não relacionadas à aviação, desenvolvendo também as áreas comerciais no terminal. A empresa também será responsável pela realização de grandes trabalhos de expansão que serão finalizados nos primeiros quatro anos da concessão.

A VINCI Airports também anuncia a chegada de Julio Ribas como CEO da concessionária no Brasil. “Todo o nosso time será mobilizado para oferecer a melhor experiência possível aos passageiros em sua jornada pelo aeroporto, e a VINCI Airports trará ao Brasil toda sua expertise como operadora global durante o processo de renovação dos seus aeroportos”, declara o executivo.

Equipe de executivos

Julio Ribas, engenheiro aeronáutico formado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) que já atuou em grandes empresas como Procter&Gamble, SCA e, mais recentemente, Swissport, comandará a operação do Aeroporto Internacional de Salvador com o apoio de uma equipe de executivos com vasta experiência internacional. O diretor de operações será Bruno Desveaux, que trabalha da VINCI Airports desde 2007 e tem passagem pelos aeroportos de Grenoble, na França, e Siem Reap, no Camboja. Lorenzo Rebel, que atua no grupo desde 2015, assume como diretor financeiro, após ocupar o mesmo cargo no Aéroport du Grand Ouest, na França, e de ter sido CFO Regional da empresa no Oeste francês.

Marc Gordien, com mais de 13 anos de experiência em companhias aéreas e aeroportos, será o diretor comercial do Aeroporto Internacional de Salvador. O cargo de diretor técnico será ocupado por Yann Le Bihan, que trabalhou por oito anos na Aerodom, empresa da VINCI Airports que opera seis aeroportos na República Dominicana.

A VINCI Airports assinou o Contrato de Concessão do Aeroporto de Salvador no Brasil

A VINCI Airports assinou em 28 de julho o Contrato de Concessão com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para o Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, localizado na cidade de Salvador, Brasil.

O Contrato de Concessão, que cobre a expansão, manutenção e exploração do terminal e do sistema de pistas atuais, declara que a VINCI Airports assumirá gradualmente a gestão do aeroporto de Salvador, após um período de transição, e trabalhará em proximidade com a Infraero e outras partes interessadas para garantir uma transferência suave e eficiente.

A VINCI Airports utilizará seu modelo exclusivo como operador global de aeroportos e sua experiência internacional para iniciar o desenvolvimento do Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, beneficiando o Brasil, o estado da Bahia e a cidade de Salvador e seus habitantes.

As prioridades definidas pela VINCI Airports incluem o desenvolvimento do tráfego, graças à sua experiência no mercado dinâmico de linhas aéreas e abordagem de clientes e fornecedores, e a melhoria da qualidade dos serviços para alavancar a experiência dos clientes.

VINCI Airports ganha a concessão do Aeroporto de Salvador no Brasil

Em 16 de março de 2017, a VINCI Airports recebeu a concessão do Aeroporto Deputado Luís Eduardo Magalhães, por um período de 30 anos. Este aeroporto, localizado em Salvador, Brasil, recebeu 7,5 milhões de passageiros em 2016.

Preenchendo todos os requisitos de uma licitação feita pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), a VINCI Airports recebeu, nesta terça-feira, a concessão do Aeroporto Deputado Luís Eduardo Magalhães, por um período de 30 anos. Localizado na cidade de Salvador, este aeroporto é gerenciado atualmente pela estatal Infraero.

Com mais de 7,5 milhões de passageiros recebidos em 2016, o Aeroporto Luís Eduardo Magalhães em Salvador é o 9º maior aeroporto do Brasil. O contrato de concessão vencido pela VINCI Airports cobre a operação, manutenção e ampliação/modernização do terminal atual e do sistema de pistas.

Este sucesso é um novo marco na estratégia de desenvolvimento da VINCI Concessions na América Latina. A VINCI Airports é, também, concessionária desde 1º de outubro de 2015, por um prazo de 20 anos, do Aeroporto Internacional de Santiago do Chile, na forma de um consórcio, e desde 9 de abril até março de 2030, de seis aeroportos na República Dominicana, incluindo o da capital Santo Domingo. On completion of a call for tenders initiated by ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), VINCI Airports was this Thursday awarded the concession for Deputado Luis Eduardo Magalhaes airport, for a 30-year term. Located in the city of Salvador, this airport is currently managed by the public operator Infraero.